Devagarinho eu chego lá

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Fritar alimentos no azeite de oliva faz bem à saúde?

MITO

        Para entender o porque é preciso conhecer um pouco sobre os tipos de gordura.

     Existem dois tipos de gordura: a insaturada, considerada “menos prejudicial” à saúde e a saturada, conhecida como a “mais prejudicial”. Dentro do grupo das gorduras insaturadas temos uma subdivisão: as polinsaturadas como o óleo vegetal de soja, canola, milho, entre outras e as monoinsaturadas como o azeite de oliva.
      A questão é que, as gorduras insaturadas no geral, quando alcançam uma temperatura muito alta, podem mudar sua estrutura química e se tornarem saturadas, passando a ser mais prejudicial à saúde. As polinsaturadas possuem uma estrutura química mais resistente às altas temperaturas se comparadas às monoinsaturadas. Por isso, o azeite quando aquecido para preparar uma fritura, por exemplo, alcança uma temperatura média de 180°C e pode sofrer essas alterações na sua estrutura, tornando-se prejudicial.
       Desse modo, o azeite de oliva não deve ser utilizado para a preparação de frituras. Utilize-o somente para preparar pratos frios como saladas ou ainda pratos quentes, desde que não seja muito aquecido (pode ser utilizado, por exemplo, para refogar rapidamente algum legume de sua preferência).
       Um detalhe que deve ser lembrado em relação às gorduras, independente do tipo, é que elas fornecem muito mais calorias que o restante dos macronutrientes (carboidratos e proteínas), que seria o equivalente à 9kcal por grama. Por isso, tome cuidado ao temperar suas saladas com muito azeite. Embora ele faça bem a saúde, pode também engordar, se consumido em excesso. - 
http://www.cuido.me/



Minhas roupas estão ficando largas, kkk estou adorando, amo vestido, comprei um longo pra ir em um casamento e ficou perfeito muuuito lindo....
dieta correndo normalmente...

bjs
maio 2, 2013
cuidome_g15

Mito.

Para entender o porque é preciso conhecer um pouco sobre os tipos de gordura.

Existem dois tipos de gordura: a insaturada, considerada “menos prejudicial” à saúde e a saturada, conhecida como a “mais prejudicial”. Dentro do grupo das gorduras insaturadas temos uma subdivisão: as polinsaturadas como o óleo vegetal de soja, canola, milho, entre outras e as monoinsaturadas como o azeite de oliva.

A questão é que, as gorduras insaturadas no geral, quando alcançam uma temperatura muito alta, podem mudar sua estrutura química e se tornarem saturadas, passando a ser mais prejudicial à saúde. As polinsaturadas possuem uma estrutura química mais resistente às altas temperaturas se comparadas às monoinsaturadas. Por isso, o azeite quando aquecido para preparar uma fritura, por exemplo, alcança uma temperatura média de 180°C e pode sofrer essas alterações na sua estrutura, tornando-se prejudicial.

Desse modo, o azeite de oliva não deve ser utilizado para a preparação de frituras. Utilize-o somente para preparar pratos frios como saladas ou ainda pratos quentes, desde que não seja muito aquecido (pode ser utilizado, por exemplo, para refogar rapidamente algum legume de sua preferência).

Um detalhe que deve ser lembrado em relação às gorduras, independente do tipo, é que elas fornecem muito mais calorias que o restante dos macronutrientes (carboidratos e proteínas), que seria o equivalente à 9kcal por grama. Por isso, tome cuidado ao temperar suas saladas com muito azeite. Embora ele faça bem a saúde, pode também engordar, se consumido em excesso.
- See more at: http://www.cuido.me/fritar-alimentos-no-azeite-de-oliva-faz-bem-a-saude/#sthash.NBHnP2fZ.dpuf
maio 2, 2013
cuidome_g15

Mito.

Para entender o porque é preciso conhecer um pouco sobre os tipos de gordura.

Existem dois tipos de gordura: a insaturada, considerada “menos prejudicial” à saúde e a saturada, conhecida como a “mais prejudicial”. Dentro do grupo das gorduras insaturadas temos uma subdivisão: as polinsaturadas como o óleo vegetal de soja, canola, milho, entre outras e as monoinsaturadas como o azeite de oliva.

A questão é que, as gorduras insaturadas no geral, quando alcançam uma temperatura muito alta, podem mudar sua estrutura química e se tornarem saturadas, passando a ser mais prejudicial à saúde. As polinsaturadas possuem uma estrutura química mais resistente às altas temperaturas se comparadas às monoinsaturadas. Por isso, o azeite quando aquecido para preparar uma fritura, por exemplo, alcança uma temperatura média de 180°C e pode sofrer essas alterações na sua estrutura, tornando-se prejudicial.

Desse modo, o azeite de oliva não deve ser utilizado para a preparação de frituras. Utilize-o somente para preparar pratos frios como saladas ou ainda pratos quentes, desde que não seja muito aquecido (pode ser utilizado, por exemplo, para refogar rapidamente algum legume de sua preferência).

Um detalhe que deve ser lembrado em relação às gorduras, independente do tipo, é que elas fornecem muito mais calorias que o restante dos macronutrientes (carboidratos e proteínas), que seria o equivalente à 9kcal por grama. Por isso, tome cuidado ao temperar suas saladas com muito azeite. Embora ele faça bem a saúde, pode também engordar, se consumido em excesso.
- See more at: http://www.cuido.me/fritar-alimentos-no-azeite-de-oliva-faz-bem-a-saude/#sthash.yhAdib2G.dpuf

1 comentários:

Aline de Lima

Diz que o melhor para fritura é o óleo de arroz. Ele tem o ponto de queima mais lento.

Bjuu

Blogger template 'FlowerFlush' by Ourblogtemplates.com 2008