Devagarinho eu chego lá

domingo, 30 de novembro de 2008

Sete dicas infalíveis para caber no biquíni neste verão


Com os biquínis aparecendo na parte de cima da gaveta, a pressão aumenta e você só pensa nisso: emagrecer. O problema é que o tempo curto pede medidas de emergência, que tragam resultados instantâneos de preferência. Moleza? Nem um pouco, mas a nutricionista do MinhaVida, Karina Gallerani, topou o desafio e, a seguir, revela uma série de dicas que ajudam a cintura a caber no lacinho ainda neste verão. E o melhor de tudo: sem pôr sua saúde em risco e, menos ainda, passar fome.

1. Dobre seu consumo de frutas, verduras, legumes, folhas verdes, cereais e pães integrais, carnes magras, queijos menos gordurosos, sobremesas à base de frutas e muitos líquidos. Faça refeições mais leves com saladas e grelhados. Além de nutritivos, esses alimentos são leves e matam sua fome por bastante tempo. Resultado: você consegue ficar três horas sem comer (intervalo ideal entre uma refeição e outra) e educa seu metabolismo a não conservar reservas.

2. Evite alimentos gordurosos, como carnes gordas, queijos gordurosos, frituras, molhos à base de creme de leite e maionese, pois no verão nosso organismo fica mais sensível aos condimentos fortes e às gorduras.

3. Diminua o consumo de bebidas alcoólicas. O álcool é altamente diurético, podendo agravar o estado de desidratação nesse período.

4. Fracione as refeições diárias (coma mais vezes e em menor quantidade). De cinco a seis refeições diárias é o ideal: seu corpo entende a mensagem de que não há necessidade de estocar grandes reservas em forma de gordura e, assim, a cintura vai afinando.

5. Se for comer um sanduíche, escolha os que são feitos com carnes magras, como um peito de peru, frango e queijos magros (ricota, cottage). As carnes magras possibilitam uma digestão melhor, evitando o desconforto intestinal. Inclua também folhas como alface, agrião, rúcula e acelga nos lanches.

6. A ingestão de líquidos deve ser freqüente (água, sucos naturais, chás de ervas e água de coco). Eles evitam a desidratação e dão mais ânimo para enfrentar o calor.

7. Prefira os sorvetes ou picolés à base de água e polpa de frutas, pois são os menos calóricos.

Pesadelo de verão
Esqueça as dietas malucas, como a da fruta, da lua ou da sopa. Elas prometem uma perda de peso considerável em um curto espaço de tempo (o que pode até acontecer). O problema é que, junto aos quilos, some a sua disposição. A falta de nutrientes compromete sua saúde e também afeta a beleza: pele e cabelos ficam sem viço, enquanto o efeito sanfona torna-se seu companheiro. Depois de alcançado o objetivo, você volta a comer errado e, conseqüentemente, o peso perdido é recuperado.

2 comentários:

Malina

Pra esse verão eu não tenho a ilusão de caber no biquini, no proximo quem sabe!! :)

romeyka

oieee amiga

tudo bem

nota-se diferença já viu !!!!!!!!1

bjssssss

Blogger template 'FlowerFlush' by Ourblogtemplates.com 2008